Web Analytics
23 de maio de 2017

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

PALAVRA DO EDITOR – Peço Desculpas.

Olá
ouvintes, internautas, leitores e seguidores do REVISTA GERAL BAHIA.
Quero
começar esse editorial com um pedido de desculpas,
e desculpas por uma atitude
que adotei ontem na Câmara de Vereadores e que não
condiz com a minha postura profissional como Repórter e Editor do site REVISTA GERAL BAHIA, nem
com o meu senso de ética que
é um dos pilares no exercício da minha profissão.

Quem
acompanha as sessões ordinárias da Câmara toda semana, sabe que desde que vim
para Macarani, tenho o dever (não o hábito), de ir as sessões sempre que
possível e quando não vou envio um representante, porque preciso das
informações que ali são geradas para informar aos meus ouvintes das rádios que
trabalhei, e agora leitores e seguidores deste site.
E
muitas vezes fui citado, em quase 95% dos casos como um bom profissional e as
vezes, muito poucas vezes com alguma queixa por ter deixado de falar ou por ter
falado algo que não agradou esse ou aquele vereador. E sempre fiquei impassível
ao que disseram de mim e impassível ao desenrolar das sessões porque meu papel
no auditório é de observador em busca de informação para depois informar e deixar o público formar sua
opinião.
Mas
ontem, depois de ter sido chamado de irresponsável pelo Vereador André Ferraz (PMDB), por cinco vezes seguida eu
acabei saindo da minha passividade e travando um diálogo um tanto quanto áspero
com o Vereador, que insistiu em me taxar de blogueiro e blogueiro irresponsável, e eu retruquei do meu
canto que O
REVISTA GERAL
é um site e não um blog e na insistência do
Vereador que dizia: é blog, é blog, é
blog!  eu respondia é site, é site é site!
Então, por isso eu
peço desculpas
.
Mas, as desculpas não são dirigidas ao vereador, muito pelo contrário: elas
neste momento são dirigidas ao público que ontem esteve na Câmara, (os de sempre e os visitantes),
a comunidade macaraniense que estava naquele momento representada pelo público
presente que ontem estava até em menor número que o habitual das últimas
assembléias do Legislativo Municipal.
Desculpas
peço aos meus companheiros de trabalho nas pessoas de Karina Barbosa (Comunicadora da 93,1) e Guga Amaral (site O RESPONSÁVEL).
E
por fim, aos Vereadores (todos eles),
porque eu faltei com a ética não para com o Vereador André Ferraz, mas com a
instituição Câmara de Vereadores, quando deixei meus bons modos de lado e pelo
sentimento de frustração de estar sendo taxado de irresponsável sem poder
responder nada, acabei me deixando levar para uma discussão inútil,
desnecessária e  sem sentido.

Quanto ao Vereador André Ferraz, que passou a me
chamar de irresponsável por achar que eu distorci suas palavras na matéria
intitulada:

 EDUCAÇÃO EM DESTAQUE – Mães do
Afrânio levam fechamento da escola para ser discutido na Câmara de Vereadores
de Macarani.

Essas
palavras aí:
“Acho que o Conselho deveria cobrar mais compromissos
dos Professores com a educação, o nosso índice está muito abaixo da média
nacional. Será que Professores da rede particular tem um salário tão mais alto
assim do que os professores da rede pública? Vou até levantar uma pesquisa em
Itapetinga para saber se essa diferença é tão grande assim, porque acredito que
também está faltando professores compromissados com a educação pública.”
“Também acho que o Conselho deve tomar cuidado com a
possibilidade de esses dados que colocam Macarani com boa qualidade nos últimos
anos na educação não estarem sendo erroneamente maquiados, para que esses dados
não possam prejudicar ainda mais a qualidade da nossa educação apenas para
aumentar ou manter o volume de recursos do FUNDEB para a educação municipal.”
Aconselho-o
a pedir a cópia da ata da sessão do
dia (15/05/2017),
que foi lida ontem em plenário e divulgar para a
comunidade na íntegra a parte que disserta sobre o assunto, e deixe que o
público procure ver por sí só se distorci alguma coisa ou se existe algo no
texto do REVISTA
GERAL BAHIA
que não esteja escrito na ata aprovada por
unanimidade dos vereadores, o que quer dizer pelo próprio Vereador.
Quanto
a minha responsabilidade, ela corresponde ao tamanho da credibilidade que tenho
com o público que me acompanha, e isso me basta.

Antonio Araujo
Santana – Radio Jornalista DRT 4043 MTB-BA.
Compartilhe via: