Web Analytics
22 de novembro de 2018

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

DESCOMPROMISSO – Estudantes universitários e de cursinhos estão dormindo ao relento em Itapetinga por falta de transporte prometido pelo Prefeito de Macarani.

“Eu faço cursos na sexta-feira juntamente com mais seis
colegas, e as vezes preciso dormir no banco da área externa do Hospital Cristo
Redentor por não ter onde ficar em Itapetinga e nem como voltar para Macarani.”

Acreditem! esse é o depoimento
de apenas uma das muitas estudantes de Macarani
que fazem cursos universitários pela UNOPAR ou técnico profissionalizante como no
Colégio Dinâmico (Técnico de
Enfermagem),
além de outros cursos em
Itapetinga
durante toda a semana.

“E a gente só investiu nesses cursos, porque durante a
campanha eleitoral várias vezes o Prefeito disse que a gente pudesse buscar
nossos cursos, que o transporte ele iria garantir durante sua administração.
Mas, tem mais de três meses, que estamos passando dificuldades, ele diz que o
carro está quebrado e não toma providências.”

Um
outro grupo que faz curso na quarta-feira também procurou o Prefeito, e pediu apenas o motorista e
se propôs a pagar a gasolina rachando entre os integrantes, mas a resposta do Prefeito foi negativa.

Esse
é o retrato, por incrível que pareça, de um Prefeito que declarou, inclusive na posse, que educação seria sua
prioridade. No entanto, além de escolas fechadas como a Escola Municipal Professor Afrânio Gomes de Carvalho, teremos esse
ano um calendário escolar cortado em quase 30 dias, 24 para ser mais exato, e os estudantes que precisam se deslocar
durante a semana para Itapetinga passando
por situações como esta, tendo que dormir ao relento porque simplesmente não
tem como retornar para Macarani.

Compartilhe via: