Web Analytics
7 de fevereiro de 2019

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

EDUCAÇÃO NOTA ZERO – Sem reajuste salarial prometido pelo Prefeito, Professores ameaçam não voltar aos trabalhos em Macarani.

Foto ilustrativa. Arquivo do RGBAHIA.

Com a Jornada Pedagógica em andamento dentro do que foi estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação, tudo se encaminha para que segunda-feira próxima 11 de fevereiro comece o ano letivo com o retorno as aulas em Macarani certo? Só que não: algo muito sério pode comprometer o retorno das aulas no município.

É que segundo informações do Professor Jefferson Sousa Pereira, Presidente do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social – CACS FUNDEB de Macarani: Os professores estão dispostos a cruzarem os braços já no primeiro dia de aula por conta do não cumprimento de mais uma promessa do Prefeito Miller Ferraz.

Professor Jefferson Sousa Pereira, Presidente do CACS/FUNDEB.

“Nós estamos dispostos a paralisar as nossas atividades na próxima segunda-feira, pois desde dezembro que estamos aguardando o reajuste que foi prometido pelo Prefeito e que não foi cumprido. No mês de dezembro, eu pessoalmente estive com o Prefeito Miller, que informou que daria um reajuste em janeiro, mesmo sendo uma proposta irrisória de apenas 4,5%, ficamos aguardando e até hoje nada foi cumprido, então a categoria está disposta a nem iniciar o ano letivo com os alunos na próxima segunda-feira.” Informou o Professor Jefferson Sousa Pereira ao RGBAHIA.

Na verdade os Professores já ameaçavam nem participar da Jornada Pedagógica, mas o Prefeito acabou pagando o terço de férias que ficou como um cala boca e que animou a categoria a ir para o período preparatório.

“Até segunda-feira, vamos pedir a Secretária de Educação, Fabiane Santos, que tente marcar uma reunião com o Prefeito para que possamos discutir a situação. Mas se formos ignorados, então vamos mesmo ficar de braços cruzados no primeiro dia de aula e a paralisação pode ser por tempo indeterminado.” Concluiu o Professor Jefferson Sousa.

Compartilhe via: