E A APLICAÇÃO? O Prefeito está sempre indo à busca de recursos, mas resultados do que diz conseguir não aparecem na administração da cidade.

Os Prefeitos mais recentes da História de Macarani tinham cada um, o seu jeito muito peculiar de chamar a atenção para o que haviam conseguido em recursos e aplicações na realização de obras em Macarani. E cada dentro das suas particularidades, falavam do que haviam conseguido e a população via onde o dinheiro era aplicado.
Exemplos: Olisandro Nogueira tinha por hábito soltar muitos fogos tanto quando o recurso era conseguido, como quando era iniciada a obra e claro: na conclusão de cada etapa realizada até o dia da grande inauguração.
Armando Porto, não soltava tantos fogos, tinha mais o hábito de fazer encontros e reuniões com funcionários, setores organizados da comunidade e anunciar essa ou aquela obra que seria realizada e a grande festa ficava para a inauguração.
Antonio Carlos Macedo (Carlinhos), sempre muito falastrão, gostava de anunciar logo nos microfones das emissoras de rádio qualquer promessa de convênio, mesmo que fosse apenas uma promessa, sem certeza de realização, como se fosse  uma coisa já certa e concretizada. Vale salientar que: a maioria dos anúncios acabava virando realidade, tanto que existem muitas obras conveniadas na sua administração que o atual Prefeito nem conseguiu terminar.

Viagens custam caro, será quem está pagando a conta?

E Miller Ferraz o que faz? Bem, Miller é o Prefeito Internet, e gosta muito de utilizar as redes sociais, especialmente o Facebook para anunciar sua “incansável” busca por recursos e convênios para obras e ações em Macarani.
Qual a diferença básica entre os três ex-gestores e o atual Prefeito? A diferença é que após o período administrativo que Miller tem no cargo, dois anos, sete meses e 15 dias todos eles já haviam inaugurado várias obras na cidade, já haviam mostrado a cara da administração de cada um e a população sabia onde os tais recursos estavam sendo aplicados.
A realidade atual é: semana sim e semana outra também, o “laborioso” Prefeito Miller Ferraz, está ausente da cidade por pelo menos dois ou três dias, e quando retorna corre a publicar nas redes sociais que esteve em viagem a Brasília ou a Salvador (destino preferido), em busca de recursos. Nessas viagens está sempre acompanhado de no mínimo dois secretários, um ou dois vereadores que aumentam as despesas de viagens com passagens de ônibus ou de avião e diárias de hotéis e deslocamentos até as secretarias e gabinetes de deputados estaduais ou federais visitados pelo Prefeito.

Única obra visível da busca de recursos em Salvador. A cobertura do estádio, o vento levou.

Mas ficam as perguntas: onde estes recursos são aplicados? Quais são ou foram às obras trazidas destas viagens e já construídas ou realizadas pelo Prefeito? Porque os deputados que encaminham ou encaminharam recursos nunca vieram inaugurar nenhuma obra? nem mesmo Zé Rocha que recentemente recebeu foi uma punhalada pelas costas quando foi trocado por Cláudio Cajado após carrear mais de três milhões de reais para a cidade veio inaugurar alguma obra no Município? Fala sério seu Prefeito, viajar é bom não é? Ainda mais quando se trata de gastar o dinheiro do povo, ou vai dizer que essas viagens são pagas com recursos do próprio bolso? Se for parabéns! porque na relação custo benefício a conta está alta para o Município.

N.E. Fotos que ilustram essa matéria (com execeção do estádio) foram retiradas de publicação do site O RESPONSÁVEL.

Compartilhe via:

One thought on “E A APLICAÇÃO? O Prefeito está sempre indo à busca de recursos, mas resultados do que diz conseguir não aparecem na administração da cidade.

  • 15 de agosto de 2019 at 21:39
    Permalink

    Cade os salarios do contratados?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *