Web Analytics
1 de julho de 2020

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

COM ATRASO E NA PRESSÃO – Depois de ser bombardeado Prefeito decide entregar cestas da merenda escolar para todos.

A Charge é uma das que mais define a personalidade do Prefeito Miller Ferraz enquanto sua competência administrativa a frente do Município de Macarani. O Prefeito que completa hoje 1º de julho exatamente três anos e seis meses desde a sua posse em 1º de janeiro de 2017, período esse que teve mais erro do que acerto administrativo, nas poucas vezes em que tentou corrigir algum erro cometido em ato anterior ao fato, só o fez porque foi pressionado e muito criticado seja pela população, pelos servidores públicos insatisfeitos, pelos Vereadores ou na maioria das vezes pelo único órgão de Imprensa que durante esse período teve como linha editorial apontar os erros da administração, o RGBAHIA.

E nesta terça-feira o Prefeito deu mais um exemplo de que só vai na pressão, com mais de dois meses desde que entregou as primeiras mini cestas da merenda escolar a apena 1100 (mil e cem) alunos da rede municipal e deixando 2462 (dois mil  quatrocentos e sessenta e dois)  inexplicavelmente sem o benefício, Miller Ferraz, postou em seu Facebook que irá entregar desta vez 3500 (três mil e quinhentas) cestas beneficiando assim todos os alunos.

Acham o quê? Que de repente o Prefeito doeu na consciência e entendeu que todos os alunos, independente da condição sócio econômica dos seus familiares tem direito ao benefício? Claro que não! A questão é que as críticas foram de todos os lados e o Prefeito nem a sua Secretária de Educação tiveram qualquer justificativa convincente a dar para os 2462 pais de alunos que ficaram aguardando chegar o benefício do seu filho ao qual todos tinham direito.

E se alguém ainda acha que o Prefeito está sendo bonzinho, lembrem-se, que já se vão dois meses de atraso para a entrega da segunda leva de cestas da merenda escolar e que os 1100 (mil cem) que receberam da primeira vez estão aguardando duas e que os outros 2462 alunos deveriam estar recebendo três.

Compartilhe via: