Web Analytics
6 de abril de 2021

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

FAMÍLIA E PROTEÇÃO – Ação Social abre inscrições para quem queira participar do programa Família Acolhedora.

A gente se emociona, chora e sofre com o que é noticiado diariamente nos órgãos de imprensa, especialmente nos programas de televisão, sobre o drama de milhares de menores que sofrem pelo Brasil afora vítimas de maus tratos, abandono social, violência sexual e sempre fica fácil criticar os governantes. Mas, e quando o problema está escancarado em nossa cara, ao lado da nossa casa, qual é a nossa resposta pessoal quando somos chamados a fazer alguma coisa? Essa resposta, só você pode dar, e a hora é essa.

A Secretaria Municipal de Assistência Social informa que estão abertas até o dia 30 de abril, as inscrições para os interessados em participar do Programa Família Acolhedora. O serviço foi criado para evitar que crianças que tiveram direitos violados quando estavam com suas famílias de origem sejam encaminhadas para abrigos e percam, assim, o convívio familiar.

A maioria das crianças e adolescentes que participam do programa retornam aos seus lares, após o período de acolhimento em lares substitutos. Cada família acolhedora deverá acolher uma criança/adolescente por vez, exceto quando se tratar de grupo de irmãos, quando esse número poderá ser ampliado. Toda família acolhedora recebe um auxílio financeiro no valor de setecentos reais mensais reajustado anualmente.

Essas Famílias Acolhedoras, São, na verdade, parceiras do sistema de atendimento e auxiliam na preparação para o retorno à família biológica ou para a adoção.  O período de acolhimento é de seis meses, durante os quais a família recebe uma ajuda de custo  que varia de 70% a um  salário mínimo por mês.

Compartilhe via: