Web Analytics
10 de maio de 2021

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

NO CAMPO E NA BATALHA – 10 de maio é dia de parabenizar a Cavalaria, mas é também dia de celebrar a riqueza do campo.

10 de maio é o 130.º (centésimo trigésimo) dia do ano no calendário gregoriano, Faltam 235 dias  para acabar o ano de 2021.

Dia do Campo é comemorado anualmente em 10 de maioA data surgiu com o objetivo de homenagear e conscientizar a população sobre a importância do campo para a economia e existência de uma sociedade. No campo são exploradas diversas atividades, sendo que o destaque vai para a agricultura e pecuária.

Atualmente, um dos grandes desafios do campo, é a geração de alimentos que possam abastecer uma população mundial com mais de 7 bilhões de habitantes, sem causar prejuízos para o meio ambiente. A exploração consciente e sustentável da área rural é uma tarefa de todo o ser humano e empresa que trabalha direta ou indiretamente com o campo.

No Brasil, desde 1970, com o decreto Lei nº 1.146/70, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra é o responsável por regulamentar e executar as políticas agrárias no território nacional. De acordo com os dados do IBGE, do Censo de 2010, 84,4% da população brasileira vive em áreas urbanas e 15,6%, em zonas rurais.

Dia da cavalaria, 10 de maio

A celebração do Dia da cavalaria, 10 de maio, reconhece a importância da Cavalaria brasileira e presta homenagem aos seus militares. A origem da data traduz a homenagem ao Marechal Manuel Luís Osório, Patrono da Cavalaria no Brasil, que ficou conhecido como “O Legendário”.

Em muitos dos exércitos modernos, o termo “cavalaria” ainda é usado para se referir à arma que desempenha funções semelhantes às que a antiga cavalaria ligeira desempenhava, montada a cavalo. Essas funções incluem a exploração, a caça aos elementos de reconhecimento inimigos, a segurança avançada, o reconhecimento ofensivo pelo combate, cobertura das forças amigas durante movimentos retrógrados, a retirada, a recuperação do comando e controle, a ligação, a penetração e a incursão.

Já a função de choque, antigamente desempenhada pela cavalaria pesada, é, em muitos exércitos hoje desempenhada por uma arma própria (normalmente designada “arma blindada” ou ” de blindados”) ou, nalguns casos, pela infantaria.

Compartilhe via: