Web Analytics
10 de junho de 2021

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

RESPOSTA SEMPRE – Depois do CRAS, Secretaria de Educação esclarece sobre ataques vindos de fake news nas redes sociais.

A ordem é não deixar nada sem resposta ou esclarecimento da parte dos órgãos e departamentos da administração pública municipal, já que o governo da Prefeita Selma Souto (PSD) tem como slogan “Transparência e Responsabilidade”. E essa determinação vinda da própria gestora a sua equipe de trabalho vem sendo cumprida a risca pelos secretários e chefes de departamentos.

Depois de ontem quarta-feira, quando a Secretaria de Ação Social e o CRAS, emitiram nota se defendendo das acusações feitas nas redes sociais em razão das fotos tiradas na entrega da RG a Jucilande Carlos dos Santos (Dutão), nesta quinta-feira feira é a vez da Secretaria de Educação também se defender de boatos, politicagem e fake news (notícias falsas), que também foram publicadas  e comentadas na redes sociais em grupos do WhatsApp e Facebook.

A nota e o caso:

“Nesta semana houve ataques à Secretaria de Educação em grupos de WhatsApp com o compartilhamento de FAKE NEWS envolvendo o Programa Bolsa Família na Educação. O teor dessa FAKE NEWS dizia que o município havia perdido o “programa” por não ter cumprido o prazo de 07/06 para repassar informações sobre o acompanhamento da Frequência Escolar no município.”

Cabe esclarecer:

  1. “O programa Bolsa Família possui o acompanhamento de duas condicionalidades: Saúde e Educação. Cabe à educação, no início da gestão, indicar um coordenador para o acompanhamento da frequência dos alunos nas escolas e informar em um sistema próprio. Esse sistema mudou e o município tem até o dia 07/07 para cadastramento desses coordenadores municipais. O que já foi feito.”

  2. “Na FAKE NEWS dizia que este prazo encerraria no dia 07/06, o que não é verdade. Esse prazo era para cadastramento dos coordenadores estaduais conforme cronograma do Ministério da Educação.”

  3. “Na FAKE NEWS também dizia que em razão disso os alunos que recebem Bolsa Família seriam prejudicados, o que também não é verdade, pois além de o cadastramento do coordenador estar dentro do prazo o acompanhamento da Frequência Escolar está suspensa neste período de Pandemia.”

Esclarecimentos enviados pela Secretária Municipal de Educação, Professora Jeane Oliveira.

O RGBAHIA, entrou em contato com Cleidinho Lisboa, Coordenador do CRAS e por muitos foi o responsável pelo cadastramento dos beneficiários do Bolsa Família em Macarani. Ele confirmou as informações da Secretaria e nos enviou documentos que atestam a veracidade do que diz a nota. Acessem o link abaixo e leiam tudo sobre o que diz a Lei e a ordem.

SEI_MEC – 2641409 – Ofi݁cio-Circular

 

Compartilhe via: