Web Analytics
19 de janeiro de 2022

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

19 DE JANEIRO – Dia do Barbeiro e Dia Internacional do (a) Passista.

19 de janeiro é o 19.º (décimo nono) dia do ano no calendário gregoriano. Faltam 346 dias para acabar o ano de 2022.

Dia do Barbeiro

O Dia Nacional do Barbiro é comemorado oficialmente no dia 19 de janeiro. Este profissional exerce atividades ligadas ao embelezamento e higienização capilar. Neste dia também são homenageados os barbeiros,  depiladores e demais profissionais que trabalham nos chamados salões de beleza.

Qual é o verdadeiro Dia do Barbeiro? Essa data comemorativa é instituída através da Lei nº 12.592, de 18 de janeiro de 2012. No seu artigo 5º, consta que a mesma deve ser comemorada no dia da promulgação da lei.

Acontece que a lei foi promulgada no dia 18, mas se tornou comum considerá-la no dia seguinte. Isso porque no artigo 6º consta que a lei entra em vigor na data da sua publicação, o que aconteceu em 19 de janeiro.

Antes da oficialização da data, no entanto, muitos profissionais comemoravam o dia 3 de setembro, sob sugestão da Federação Nacional de Cabeleireiros.

19 de Janeiro – Dia do (a) Passista de Escola de Samba.

Figura fundamental no desfile de uma escola de samba, pelo fato de trazerem o verdadeiro samba na ponta dos pés, o dezenove de janeiro e considerado o Dia do Passista, desde a promulgação da lei nº 4462 no ano de 2007, lei esta de autoria do vereador carioca José Carlos Rego, um jornalista e pesquisador da arte daqueles que trazem o samba no pé.

Fundamental num desfile de escola de samba, a figura do passista por um bom tempo foi como que negligenciada, sem que lhe fosse dada a importância e o valor que merece, bem diferente dos tempos em que o desfile das escolas de samba iniciou.

As alas de passistas surgiram há pouco tempo, considerando-se a história do carnaval, já que inicialmente o passista era como um personagem isolado, sozinho, que ficava em pontos distintos do desfile das agremiações carnavalescas, até que na virada dos anos 70 e início da década de 80 surgiram as alas mistas congregando estes dançarinos.

No atual estágio em que se encontra o carnaval, as informações é de que a fantasia para o desfile oficial da ala de passistas,  é custeada pela agremiação, mas fica por conta de cada um a indumentária para apresentação pelas quadras das escolas e participação em ensaios técnicos.

Passistas renomados do carnaval viraram figuras de destaque no cenário do carnaval brasileiro como Valci Pelé, Nilce Fran, Tina Bombom, Sônia Capeta, Cássio Dias, Carlinhos Salgueiro e muitos outros. Fora do carnaval, muitos passistas construíram uma carreira internacional, realizando no restante do ano apresentações pelos vários continentes, elevando a arte do samba no pé além fronteiras.

Compartilhe via: