Web Analytics
20 de junho de 2022

REVISTA GERAL BAHIA

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

NÃO É 51 MAS É UMA BOA IDEIA – Festival do Licor abriu os festejo juninos em Itapetinga.

Está aí uma grande ideia para Macarani e região, nossa cidade que tem tantas licoreiras e licoreiros artesanais poderia promover também o nosso festival do licor. Além de ser um ótimo atrativo para os nossos festejos juninos iria servir para divulgar nossos artistas dos sabores como Marledinha, Bitonho, Adailton Rainha, Leza Aguiar, Janete Aguiar, Gerusa Miranda e tantos outros que todos os anos nos brindam e nos orgulham com seus licores.

A prefeitura realizou, na tarde desta sexta-feira, 17, o primeiro Festival de Licor de Itapetinga. Na Alameda Rui Barbosa, 14 inscritos apresentaram ao público os seus produtos. Licores cremosos e tradicionais foram provados, também, por uma equipe de 9 degustadores, coordenados por Gabriele Fontan, professora do curso de Engenharia de Alimentos. A avaliação sensorial ocorreu no auditório da Coopardo, onde os avaliadores, individualmente, avaliaram até 10 amostras das 24 inscritas. As amostras foram codificadas para evitar interferências de marca e reconhecimento do produtor.

Ao final, os avaliadores deram notas aos produtos, analisando cor, aroma, sabor característico, sabor alcoólico, gosto doce e viscosidade. Aqueles que chegassem mais próximo das características ideiais seriam os grandes vencedores do festival nas categorias licor cremoso ou tradicional.

“Itapetinga reúne um grande número de produtores artesanais de licor. Muitos deles, desconhecidos para o grande público, apesar da qualidade de seus produtos. O festival veio expor os seus trabalhos, fomentar as vendas e auxiliá-los a produzirem um licor de ainda mais qualidade”, explicou Felizdênio Xavier, secretário de Desenvolvimento Econômico e Agricultura.                                           

O Festival de Licor agradou tanto aos vendedores quanto àqueles que passavam pela Alameda, que puderam viver, ainda mais o clima junino, há dois anos interrompido. “Foi, sem dúvida, um evento grandioso. Além de fomentar o trabalho dos pequenos produtores, uniu cultura, tradição e muita diversão neste retorno às comemorações juninas”, afirmou o secretário de cultura, esporte e lazer, Jailson Santana.

Além de licor e muito forró, o festival contou ainda com a bonita apresentação da quadrilha Xenhenhem Nordestino, de Bandeira do Colônia, que animou a todos com ritmo, alegria e uma grande viagem pela Bahia. Os vencedores serão divulgados na próxima quinta-feira, 23, durante a abertura do São João, no Parque Poliesportivo da Lagoa. Os primeiros, segundos e terceiros colocados de cada categoria receberão, respectivamente, a premiação de R$ 1000,00, R$ 500,00 e R$ 300,00.

Fonte: Itapetinga Notícias

Compartilhe via: