E O PLANEJAMENTO? Derrubada da caixa d’água atingiu duas casas e por pouco não provoca uma tragédia em Macarani.

Enquanto
os que entendem a importância da preservação do patrimônio histórico e arquitetônico da cidade defendiam a
restauração e preservação da caixa d’água,
os que defendem a derrubada se apegavam a ideia de perigo (inexistente) vendida pelos “técnicos”
da Prefeitura. No último
sábado venceu a falta de sensibilidade e de conhecimento do que é preservação da História.
E
foi justamente a derrubada da caixa que quase causa uma tragédia, quando partes
da estrutura que estava sendo colocada abaixo, caíram sobre o muro do seu Alexandre e o telhado de Dona Amélia Dias, moradores
da Rua Dr. Fernando Sá Miranda,
cujos fundos das casas ficam ao lado de onde antes ficava a caixa. As casas de Dona Amélia e do Sr. Alexandre que foram
danificadas com a derrubada da caixa de água do SAAE.  O muro de Seu Alexandre caiu e com a queda um pedaço de madeira foi lançado e
caiu em cima da casa de Dona Amélia.

“Eu fui falar com Liora e ele nem me deu
ouvidos, mandou uns trabalhadores tirarem a madeira do meu telhado que hoje
iriam repor as telas, mas até agora, final da manhã de segunda-feira e nenhuma
providência foi tomada, é um absurdo!.”
Queixou-se Dona Amélia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *