E OS IMPOSTOS VÃO PARA ONDE? Seja na cidade ou na zona rural, estradas ou ruas, a população de Macarani se ressente da ausência da Prefeitura.

NO CAMPO OU NA CIDADE, É UMA CALAMIDADE.
Rubens Souza se tem as caçambas ! É p/
poder trabalhar. Senhores secretários , vamos mandar dá uma limpadinha na
cidade q os matos estão tomando conta, e também ñ olha só p/ as suas estradas q
dão acesso p/ as suas fazendas q a maquina passa direto. Vamos colocar esta maquina
também em algumas ruas dos nossos bairros q estão sem calçar,p/ poder dá uma
arrumadinha nas ruas, principalmente o bairro ( OSVALDO PISTOLA). Eu estou
esperando, meu muito obrigado”.

EMPRESÁRIO RÚBENS SOUSA.

O apelo aí no início da matéria
foi feito no Facebook, em um comentário do empresário Rúbens Sousa, filho do saudoso Osvaldo Pistola e que reside na Avenida  Eujácio Brito
que encerra o Guarujá. O
fundo da sua casa fica já no Bairro
Osvaldo Pistola.
E a exemplo do apelo dramático de Dona Celidalva Soares, que tem um filho cadeirante, Igor de 23 anos, os moradores do
bairro que não é pavimentado não estão pedindo calçamento imediato. Eles estão
implorando pelo mínimo de serviço público que tem direito, ou seja: a
manutenção das ruas transitáveis e com o mínimo de mobilidade urbana.

Assim como os moradores de
outros bairros que ainda não tem pavimentação, mas que precisam de manutenção,
de ações preventivas antes das chuvas porque depois que começa chover não tem
jeito, a vaca já foi pro brejo.

Saindo de Macarani e indo para
os distritos e zona rural, também não se vê a presença da administração municipal. As estradas que foram
recuperadas no ano passado, priorizadas as de Itabaí e Vila Das Graças, já estão pedindo socorro novamente
e as estradas vicinais que levam as propriedades rurais nem sequer sabem o que
é manutenção.

ESTRADAS DA REGIÃO DE SEU TEZINHO
Essas fotos acima mostram a região próxima
a Vila Das Graças conhecida
como região de seu Tezinho,
onde existe uma ótima produção leiteira e também produção agrícola. A estrada
está servindo para os motoqueiros fazerem trilha, e os caminhões que pegam o leite
não estão mais querendo ir buscar o produto para não ficarem atolados.

Quem se candidata achando que
administrar é apenas coletar lixo e colocar lâmpadas em postes, fazer festas.
É bom antes de achar que dá conta do serviço, voltar a Escola De Geografia e aprender a mapear a área do município
inteira, ou então descer do trono e ir saber o que se passa no seu império.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *