NASCE UMA TRADIÇÃO – I Cavalgada ao Morro Do Cruzeiro superou expectativas e mostrou que veio para ficar.

Sem
muito alarde, sem festa com atração nacional e sem pompa. Simples como devem
ser as coisas feitas pela amizade e pela fé, já que tinha também um simbolismo
religioso, a I Cavalgada ao Morro Do
Cruzeiro
realizada no último domingo (20) surpreendeu aos organizadores
e superou todas as expectativas.

Com
mais de trezentos participantes diretos (montados),
entre cavaleiros e amazonas renovaram
de verdade o espírito e o verdadeiro sentido da cavalgada, começando pela
caravana que saiu de Vila Das Graças
na manhã de domingo vindo ao encontro da caravana que saiu de Macarani. O encontro das duas turmas de
amigos aconteceu em Fernandinho na
estrada que liga Macarani a Vila, de
onde juntos seguiram em direção ao Morro
Do Cruzeiro.
Chegando ao alto do
Morro

por volta das 13h00 (Uma da tarde),
momento de muita fé e oração, pedidos e agradecimentos, e em seguida a descida
pelo setor que dá acesso a Macarani
onde a cavalgada percorreu as ruas da cidade e parou no Largo São Pedro onde aí sim, houve o churrasco e música ao vivo com
Caju.
“Não tenho palavras para descrever o que
eu estou sentido nesse momento, é uma alegria muito grande e eu gostaria de
agradecer a Deus mais essa graça, aos amigos daqui de Macarani e Vila Das
Graças que na verdade me fizeram essa grande surpresa, porque eu não esperava
tanta gente aqui reunida. Com certeza está nascendo aqui um movimento que vai
durar por muitos anos na História dessa cidade”.
Comemorou seu Aurindo Kanário, idealizador e um dos
principais organizadores da cavalgada.
No
início da matéria deixamos o play
para você verem o vídeo e aqui deixamos o endereço do álbum para quem desejar conferir
as fotos da I Cavalga do Morro Do
Cruzeiro.

https://www.facebook.com/RevistaGeralBahiia/photos/a.2207956925886124.1073741853.1581559558525867/2207957289219421/?type=3&theater


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *