NEGLIGÊNCIA? Menor perde o bebê no Hospital São Pedro e família acusa falta de atendimento adequado.

A
jovem adolescente de 16 anos, E.O.S,
moradora de Macarani se encontra internada no Hospital e Maternidade São Pedro em, onde chegou na manhã desta segunda-feira (16/07) com fortes dores
no útero e com hemorragia. Segundo uma irmã da jovem, A.N.B maior de 22 anos, a
mesma estava grávida de algumas semanas e nem mesmo havia comunicado a gravidez
a família ou ao namorado.

“Sem saber que estava grávida, minha irmã tomou alguns
remédios para combater vermes no organismo e passou mal, levamos ela ao
Hospital já com hemorragia por volta das 09h00 da manhã quando o médico
plantonista  Dr. Felipe, a examinou e disse que era apenas um sagramento vaginal mandou ela
de volta para casa. Antes mesmo de sair do Hospital ela sofreu um desmaio, o
sangramento aumentou, levamos ela de volta para ser atendida mas até as 21h00
quando relatamos  o fato ao RGBAHIA
nenhuma providência havia sido tomada para remoção da minha irmã para outro
hospital.”

Na
manhã desta terça-feira (17/07), A.N.B, voltou a entrar em contato com a nossa
produção onde comunicou que a irmã havia perdido o bebê.
“Só depois de ameaçar levar o caso ao conhecimento público que
o Secretário de Saúde Gérson Ferraz apareceu 
e garantiu que hoje pela manhã ela seria transferida para Itapetinga ou
Vitória da Conquista. Infelizmente minha irmã perdeu o bebê, estava de poucas
semanas e ela também sem experiência nenhuma nem sabia se era gravidez, e hoje terça-feira
as 08h30 da manhã ela continua aqui no Hospital São Pedro.”
“Estamos denunciando o fato porque achamos um absurdo tudo o
que aconteceu, e mais: ainda houve um funcionário aqui do Hospital que ficou
tirando sarro da nossa cara, perguntando cadê a matéria que o site ia publicar,
onde estavam as fotos que a gente falou que ia mandar e sempre jogando piadas.
Minha mãe passou mal, precisou ir para Itapetinga por conta de tudo o que
aconteceu”.
Após
conversarmos hoje pela manhã com a irmã de E.O.S,
recebemos uma estranha ligação de um cidadão que se diz marido da menor,
exigindo que não publicássemos a matéria porque o Secretário Dr. Gérson Ferraz muito educadamente havia pedido para
não deixar a publicação ser realizada. Só para constar: todas as conversas
efetuadas entre a A.N.B  irmã de E.O.S,  e a produção do RGBAHIA
estão registradas em áudio e imagens em vídeo da atitude desrespeitosa do
funcionário, inclusive o áudio do suposto marido (a irmã diz que é apenas namorado), e as fotos publicadas não
mostram o rosto da menor por questões legais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *