POLÍTICA DO CHEQUE EM BRANCO – Vereadores aprovam orçamento para 2019 mas rejeitam emenda que reduzia suplementação de 100% para 40%.

Nesta segunda-feira (03/12), na sessão ordinária da Câmara De Vereadores de Macarani,
o principal assunto da ordem do dia no Legislativo Municipal, foi  a votação da Lei Orçamentária para 2019, que
foi enviada Câmara através do Projeto De Lei 20/2018.

A previsão
orçamentária da equipe do Prefeito Miller Ferraz, de arrecadação e gastos para o ano vindouro é de cinquenta e um milhões e
quinhentos mil reais
 tomando por
base os dois últimos anos.

Como já era de
se esperar, o orçamento foi aprovado por unanimidade dos Vereadores. O destaque
foi a emenda do Vereador Gláuber
Costa,
pedindo uma redução na suplementação de verbas de 100% para 40%, deixando margem
para que o Prefeito possa consultar a Câmara caso precise gastar
mais do que o previsto em algum setor administrativo no próximo ano.
Na prática, a não
aprovação da emenda do Vereador que foi rejeitada por toda a base de apoio ao
Prefeito, concede ao Chefe do Executivo um cheque em branco da ordem de R$ 103.0000,00 (cento e três milhões de
reais),
que caso entre nos cofres públicos poderá utilizá-los como bem
entender sem precisar consulta a Câmara.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *