REPROVADO – Cansados de novas e velhas promessas não cumpridas, professores de Macarani podem parar a qualquer momento.

Infelizmente
esse é o selo dos educadores para o Prefeito
Miller Ferraz,
após mais uma espera por soluções que são prometidas mas
que nunca são cumpridas pelo gestor. Os
Professores
, que no último dia 13 de março se sentaram com o Prefeito e ouviram mais uma enxurrada
de promessas que não foram cumpridas, ameaçam paralisar as atividades a
qualquer momento.
Ontem
ao final da tarde, informações davam conta de que nesta sexta-feira (04/05), os professores do Educandário Clério Correia já iriam para as atividades e os do Autímio Altamira Pires iriam mais uma
vez a Prefeitura tentar falar com o Prefeito das promessas não cumpridas. A
produção do RGBAHIA tentou
entrar em contato com professores das duas escolas, mas não conseguimos,
portanto não podemos afirmar a veracidade da informação.
Mas,
em contato com um membro da direção do núcleo da APLB-Sindicato, obtivemos a informação de que nesta semana foi
enviado um ofício requisitando uma audiência com o Prefeito Miller Ferraz, para discutir a questão da educação,
inclusive o cumprimento de acordos firmados na Justiça, e, se não houver
resposta a coisa vai engrossar.

Segundo
nossa fonte de informação: “Essa é nossa
última tentativa, e dessa vez não iremos aceitar mais promessas, ou o Prefeito
nos oferece alguma coisa concreta e garantida ou então iremos convocar uma
greve geral dos professores por tempo indeterminado”.

Caso
os professores cumpram a ameaça, a segunda unidade do primeiro semestre poderá
ficar comprometida, o calendário do ano letivo será prejudicado, e, todo o
plano anual para a educação entrará em colapso.
Prefeito em promessa
10, em educação zero, portanto carimbado e reprovado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *