VEREADORES – Invasão de muriçocas, sujeira do rio e vídeo no Facebook rende debate na Câmara de Vereadores de Macarani.

Vereador
Marlom pede atitude da Vigilância sanitária e da Secretaria do Meio Ambiente.

Desde 2015 que o Rio
Macarani,

que divide o centro da cidade e o complexo do Marjorie Parque não passa pelo tradicional processo de limpeza. No dia
1º de março deste ano o RGBAHIA,
fez uma matéria sobre o assunto, mas só esta semana alguma atitude começou a
ser adotada pela Prefeitura Municipal. O Rio que banha a cidade já foi um dos
principais afluentes do Rio Manjerona,
que abastece Macarani.
Hoje
o Rio Macarani, que tem como
trecho mais famoso a Mula Assada, de
tantas recordações da antiga garotada, não passa de um esgoto geral alimentado
pelos detritos e dejetos que são lançados desde o córrego que banha os bairros Município, Sobral Bentes e desaguando
justamente um pouco acima da Mula Assada
onde o Rio continua recebendo a
sujeira do centro da cidade.

Essa
semana a limpeza dos rios foi o principal tema de debate na Câmara de Vereadores que começou com o Vereador André Ferraz (PMDB) pedindo
que a Prefeitura através da Secretaria da Saúde volte a alertar
sobre os riscos da dengue e chamar a atenção para as tradicionais atitudes de
prevenção ao mosquito que estão esquecidas como campanha pública, educacional e
ações mais concretas.

O
Vereado Marlom Sousa (PMDB),
foi mais longe e mais enfático: “É preciso que a
Secretaria do Meio Ambiente seja acionada e a mesma acione a Vigilância
Sanitária para fiscalizar a situação do Rio Macarani. O rapaz que está fazendo
a limpeza (Tamba), e alguns moradores já me procuraram e denunciaram que o Rio
está imundo cheio de couro de animais, vísceras, embalagens de combustíveis que
são jogadas pelos proprietários das oficinas que ficam a margem do Rio e pneus
velhos, tem que ser tomada uma providência!”
Logo em seguida ao
desabafo, o Vereador Marlom propôs
que seja elaborado um ofício coletivo (em nome de todos os vereadores) para ser
enviado a Secretaria do Meio Ambiente que
tem agora como Secretário o ex-de
planejamento Idalécio Lima pedindo
providências a Vigilância Sanitária.

Ninguém
citou, ninguém falou sobre o assunto,
mas, o RGBAHIA destaca: essa discussão e atitudes começou com um
vídeo feito baseado na campanha da Rede
Globo “O Brasil Que Eu Quero
”, onde um cidadão de Macarani que se identifica como Edgar, faz um apelo pedindo uma Macarani sem muriçocas para ele dormir em paz. Não sabemos se o
vídeo foi enviado a Globo, mas bombou
no Facebook
e quem não viu pode conferir no início desta matéria.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *