POLÍTICA – Justiça bloqueia bens do Deputado Estadual Robinho do PP e ele perde apoio do grupo Nogueira em Macarani.

O juiz federal
Guilherme Bacelar Patrício de Assis, da Subseção Judiciária da Justiça Federal
de Teixeira de Freitas,
determinou o bloqueio de todos os bens do deputado
estadual Robinho (PP),
acusado de praticar atos de improbidade administrativa à época em que foi
prefeito do município de Nova Viçosa
(a 940 Km de Salvador), entre 2005 e 2012
. A decisão liminar (provisória) atinge outras quatro
pessoas e uma construtora. Cabe recurso.
Segundo
denúncia oferecida pelo Ministério
Público Federal (MPF),
a ação apura a malversação de R$ 195.000,00  em
recursos públicos em um processo licitatório ocorrido em janeiro de 2009. O
aporte foi repassado pela União, por
meio do Ministério do Turismo. No
pedido, o MPF requer
a indisponibilidade de bens em R$
97.500,00
em contas, aplicações e investimentos dos réus. O
valor equivale a 50 % do total do repasse.

Como aqui em Macarani, Robinho tinha expectativas de mais uma vez contar com o
apoio do grupo do ex-prefeito
Nogueira (PP),
nós procuramos o ex-prefeito
e ele declarou o seguinte: “Se a notícia é
verídica, e acredito que seja: pode publicar que em Macarani Nogueira e todo o
grupo não apoiarão Robinho. Já havia uma pré-disposição de alguns membros em não
apoiar o deputado Robinho dessa vez, e com esse fato não temos a mínima
condição de sustentar esse apoio, até porque estamos na campanha nacional
contra a corrupção”.
Declarou Nogueira
ao RGBAHIA.

Questionado se já tem um nome de apoio para
deputado estadual, Nogueira informou
que anda não tem nada definido, mas que já existe um nome que será avaliado
pelo grupo em Macarani.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *